Cinegrafista, videógrafo, filmador, videocassetero …

Posted on: December 9, 2009
3 comments so far (is that a lot?)

Tenho visto muito as pessoas se perguntarem qual é o verdadeiro nome para minha profissão.

Com isso vou tentar explicar melhor os termos mais usados.

Vamos para a história rsrsrsrs

Filme e Vídeo

Com o surgimento da televisão e principalmente das fitas de vídeo, que a partir dos anos 1950 se tornaram um novo suporte físico para imagens com impressão de movimento, a palavra filme passou a designar especificamente os produtos audiovisuais realizados em película (suporte fotográfico), em oposição aos videofonogramas, ou simplesmente vídeos, produzidos em suporte eletrônico.

Mas os desenvolvimentos tecnológicos posteriores foram aos poucos relativizando esta divisão. Ainda nos anos 1950 surgiram os primeiros telecines, aparelhos utilizados para converter filmes cinematográficos em fitas de vídeo, facilitando a exibição destes filmes na televisão e mais tarde a circulação de cópias dos mesmos no mercado doméstico. Em 1981, “Il Mistero di Oberwald”, dirigido pelo cineasta italiano Michelangelo Antonioni, tornou-se a primeira obra realizada totalmente em vídeo a ter lançamento comercial nos cinemas do mundo inteiro.

A partir dos anos 1990, com a crescente utilização da tecnologia digital, tanto no cinema quanto na televisão e no vídeo, a palavra filme passou a ser usada, cada vez mais, como sinônimo de produto audiovisual, independentemente do suporte de captação ou de finalização.

Com isso hoje em dia falar filmagem, cinegrafista ou videógrafo, video e etc … esta certo apenas depende do seu ponto de vista.

Vamos dizer que para muitos ser videógrafo voce apenas precise comprar uma câmera de video rsrsrsr e para ser cinegrafista tenha que estudar e fazer cursos.

Ao meu ver, videógrafo é uma palavra feia rsrsrsr pode ser até fashion rsrsrsr mas tb limita. Eu por exemplo já fiz 2 comerciais em película e 3 curtas, então sou ” cinegrasfista ” mas mesmo assim diáriamente gravo com câmeras digitais.

Apesar de ter como estilo o videojornalismo, todas as revistas, sites e até o cliente procura por FILMAGEM DE CASAMENTO. rsrsrs

Enfim, o importante é o produto final rsrsrsrrs e com a tecnologia mudando todo dia, daqui a algum tempo serei quem sabe um

“inmotiondesign” rsrsrsrsrsr

espero ter ajudado … fui …

Pepê Figueroa

OBS: vale lembrar que as produtoras dizem “Operador de Câmera”, podendo ser de Video ou Filme.

  • http://www.andersonmarcello.com.br Anderson Marcello

    Show de bola Pepe….
    Falou tudo….
    Eu acho muito feio o termo Filmagem de Casamento, mas se é isso que o cliente busca no google, fazer o que né?rsrs

  • Francisco Assis da Conceição

    OLá:Prazer estar aqui deixando meu comentário,trabalho com filmagem já há oito anos,atuando em formaturas,casamentos,aniversarios e varios eventos,não fiz nenhum curso na area,aprendi na pratica com profissionais do setor,nada me diminui como profissional o que procuro é respeitar o compromisso assinado com a empresa que me confia o trabalho de fazer o documentário em A/V ,quantos aos temos usados,eu não esquento a cabeça.Pépe Figueroa aquele abraço,um ótimo e promissor 2011 a voçê e todos os visitantes deste Blog.

  • djalma cosme de oliveira

    desculpa ai achei que era o filmador do google maps